Muitas dúvidas podem surgir, ao montar um roteiro de uma apresentação baseada em storytelling, e é por isso que no post de hoje vamos dar um passo a passo de como criar a sua história por meio do gatilho mental: a Jornada do Herói.

Por que a Jornada do Herói?

Para quem não sabe a Jornada do Herói exemplifica os roteiros utilizados nos filmes de Hollywood, que contam todo o caminho percorrido pelo personagem principal, envolvendo suas tramas e a solução de seus problemas.

A Jornada do Herói é baseada em 12 simples passos, esse é o primeiro de dois posts que irão abordar o tema. Portanto trataremos aqui os 6 primeiros:

Antes de começarmos é importante salientar que qualquer exemplo utilizado é cabível.

1º Mundo Comum

Já falamos no post Qual problema eu ajudo a resolver” que toda apresentação deve obrigatoriamente resolver um problema. E é por isso que devemos iniciar nossa fala tratando do mundo comum.

O mundo comum representa a nossa situação atual, a problemática que vivenciamos e pretendemos resolver. Muito mais do que a sua realidade, esse problema representa também o estado atual dos seus ouvintes.

É por isso que neste momento de exposição do problema, devemos criar a identificação da problemática com o ouvinte, já tratada também no post anteriormente citado. É este o principal recurso para criar empatia.

2º Chamado para Aventura

O Chamado para Aventura é o momento em que o herói é desafiado a sair da rotina do mundo comum. É o grande desafio e expressa o desejo de sair daquele situação problema, de solucioná-la. Nesta parte é nítida a vontade de tomar uma atitude.

3º Recusa do Chamado

Sempre que desafiado o herói tende por instinto, rejeitar a aventura logo de cara. E neste ponto é necessário que se prove que a solução que você está apontando é a melhor. Ou seja, nesta etapa você deve explorar as objeções existentes relacionadas a sua fala.

4º Encontro com Mentor

O encontro com o mentor é quando o herói encontra alguém que irá motivá-lo para sair nesta aventura. Nesta parte você utilizará todos os argumentos que sustentam a sua ideia, como por exemplo, depoimentos de outras pessoas que usaram um produto que você está vendendo, ou em outro exemplo, teóricos que comprovam a teoria que você está tentando passar.

Aqui se usa também o gatilho da influência instantânea, que seria mostrar as pessoas que usam ou aprovam sua ideia/produto.

5º Aceito do Chamado

O aceito do chamado é quando você percebe a aceitação, por exemplo, da sua história por parte dos seus ouvintes.

6º Problemas e Inimigos

Se você estiver contando a sua história de vida, por exemplo, é aqui que você demonstra que é também de carne e osso, mas sem se transparecer vulnerabilidade.

Se for a venda de uma ideia ou produto você pode salientar outras alternativas que foram tomadas e não deram certo e assim reforçar os benefícios da sua solução. Ou ainda, se for uma ação que depende de outros agentes para ser realizada, ressaltar quais atividades deverão ser desempenhadas para o sucesso do projeto.

 

Como dissemos acima a Jornada do Herói conta ainda com mais 6 passo que serão abordados em um próximo post!

Usou? Gostou? Compartilha com a gente! Usou, mas alguma coisa poderia ser diferente, compartilhe também! Toda troca de experiência é um ganha-ganha que prezamos e não abrimos mão!

Até mais! 😉

 


Receba conteúdo diretamente no seu e-mail: